Se você dorme menos de 7 horas, pratique esses simples conselhos

Quando você dorme menos de 7 horas, seu cérebro não pode render de forma correta durante o dia, por isso você deve tentar treinar seu organismo para descansar o suficiente

Se você dorme menos de 7 horas por dia e de forma crônica, sua saúde sofre.

Pouco a pouco irá notando as sequelas dessa falta de descanso, uma dívida criada tanto com seu corpo quando com seu cérebro.

Para conseguir um descanso saudável e reparador, devemos descansar entre 7 e 9 horas. Mas precisa ficar claro também que cada pessoa tem suas necessidades e que, além disso, não serão as mesmas necessidades de uma criança e um adulto de idade avançada.

Não obstante, temos que ficar às margens das 7 horas.

No momento em que nosso descanso oscila entre 4 ou 6 horas de forma continua (não estamos falando nesse caso da insônia ocasional), é necessário mudarmos rotinas ou consultarmos nosso médico.

A seguir, propomos que comece a estabelecer pequenas mudanças em seus hábitos de vida. Mesmo que você não esteja tendo problemas em descansar, essas mudanças poder ser benéficas da mesma maneira.

Vale a pena provar. Você não vai perder nada e só ganhará em descanso!

Se você dorme pouco, comece a aplicar em seu dia a dia esses simples passos

A seguinte informação pode parecer curiosa: as pessoas que mais entendem de cuidados com o sono são os astronautas.

  • O fato de terem que viver durante longas temporadas no espaço exterior, são obrigados a desenvolverem adequadas rotinas para manterem seus ritmos circadianos.
  • Desde suas estações espaciais podem ver como a Terra, em seu ritmo pausado e perfeito, recebe o amanhecer do sol em cada canto de um lado do mundo, enquanto que em outros cantos, chega a noite.
  • Os astronautas, na solidão de seus redutos cúbicos e dominados pela gravidade, perderam o contato com a luz e com a escuridão, o que dificulta que regulem seus próprios ciclos de sono e vigília.

Descubra também: 5 remédios caseiros para superar o cansaço

Os efeitos dessa alteração do sono provocam graves problemas. Algo sério, se levarmos em consideração o importante trabalho que precisam realizar, de onde qualquer falha pode ser irreparável.

Por isso, a própria NASA realizou interessantes estudos sobre nosso relógio biológico, recomendando-nos, inclusive, uma série de conselhos para termos um sono adequado.

Explicaremos esses conselhos em seguida.

Astronauta

Mantenha horários regulares… Seu corpo tem um relógio interno!

Todos dispomos desse “relógio biológico” que marca os ciclos circadianos. Desse modo, regulam-se determinadas mudanças fisiológicas ao longo de 24 horas.

  • Seguir uma rotina adequada, como comer sempre no mesmo horário e ir para a cama sempre no mesmo momento, diariamente, nos garantirá a harmonia nessas mudanças fisiológicas.
  • A maior consistência nesses ciclos, nas rotinas cotidianas, maior bem-estar e um melhor descanso.

Agora bem, sabemos que cumprir essas rotinas nem sempre é possível. Ter um trabalho com rotação de turnos, por exemplo, obriga a desajustar o relógio.

Nesses casos, e na medida do possível, devemos cumprir nossas 7 ou 9 horas de descanso adequado. Os seguintes conselhos podem servir de ajuda.

Controle os sinais externos que te rodeiam

Mulher dormindo

Para dormir necessitamos de escuridão. É assim que nosso cérebro regula nossos padrões de sono e vigília. Se você se vê obrigado a dormir durante o dia, baixe as venezianas e tente fazer com que não entre luz por debaixo das portas nem pela janela.

  • Mesmo assim, outros sinais que devemos controlar são os eletrônicos. Para desfrutar de um sono reparador, é necessário desligar o celular, o computador e a televisão uma hora antes de se deitar.

Ainda que isso nos custe, nossa mente agradecerá.

Descubra: 7 alimentos que favorecem a conectividade neuronal

A temperatura de seu quarto e os odores

Pode parecer uma besteira, entretanto é necessário levarmos tudo isso em consideração. A temperatura ideal de um quarto, para conciliar o sono, deve estar entre os 15 e os 22 graus centígrados.

  • Além disso, um odor incômodo pode influenciar no sono e, inclusive, pode fazer com que tenhamos pesadelos.
  • As fragrâncias como a de lavanda ou a de baunilha são muito relaxantes.

Uma hora de adequado descanso antes de dormir

Mulher lendo para dormir

Se você dorme menos de 7 horas, esse conselho pode ajudar. Uma hora antes de ir dormir, da mesma maneira que falamos antes, desligue todos os aparatos eletrônicos.

  • Coloque-se cômodo e leia um livro. Não fique obcecado com “tenho que dormir”. É momento de apagar suas preocupações para emergir na leitura.

Nada tem importância agora, tudo deve ser calmo. Pouco a pouco, e sem que você se dê conta, chegará o sono ao seu cérebro. Renda-se!

As sestas curtas ajudarão a combater a insônia

Pode ser que pareça algo contraditório. Contudo, para entender, vamos analisar essa informação.

  • A sesta mais saudável é a que dura entre 15 e 20 minutos, e esse tempo não deve ser excedido.
  • É o tempo perfeito para acordarmos de novo mais ativos, recuperados.
  • Dormir mais suporia totalmente o contrário: nos levantaríamos cansados e chegaríamos à cama à noite sem vontade de descansar.

Uma pequena sesta no meio do dia nos ajuda a regular também nossos ciclos e nosso relógio interno.

Te recomendamos ler: Combata a insônia tomando banana com canela antes de dormir

Para concluir, se você dorme menos de 7 horas deve ser consciente de que a chave está em “treinar” seu cérebro para que se regule. Devemos ser fieis a esses conselhos.

Mesmo assim, não duvide em consultar seu médico sobre esse problema. É necessário saber sobre o que se deve essa incapacidade de descansar e que estratégias clínicas deveria seguir, caso você sofra de insônia crônica.

Recomendados para você