Recomendações para o período de quarentena

23 de maio de 2020
O período de quarentena em que nos encontramos devido ao coronavírus nos colocou em uma situação diferente. Neste artigo, vamos dar algumas recomendações que você deve levar em consideração para lidar com esse período da melhor maneira.

Desde que a pandemia por coronavírus começou no mundo, os hábitos de grande parte da população mudaram. Existem países que estão vivendo um período de quarentena estabelecido pelo governo e outros que seguem as recomendações de isolamento, com restrições de movimento.

A quarentena é implementada com o objetivo de diminuir a taxa de contágio e diluí-la ao longo dos meses. Existe o risco de que os sistemas de saúde fiquem saturados com atendimentos e ocupação de leitos, de modo que a intenção é achatar a curva de transmissão para dar tempo de resposta às equipes de saúde.

Apesar da necessidade de implementar o isolamento, surgiram novas complicações derivadas dessa medida. A quarentena cria desafios de coexistência, higiene e abastecimento.

As organizações médicas e governamentais desenvolveram diretrizes e recomendações para esse período. O objetivo é ajudar a população a lidar com a pandemia, que não tem uma data exata para terminar.

Recomendações de saúde mental para a quarentena

A saúde mental é fundamental em períodos de quarentena. O isolamento é uma situação para a qual não fomos preparados com antecedência, muito menos por estar associado ao risco de ficar doente.

Uma das principais recomendações nesse âmbito é estabelecer rotinas diárias. A organização do dia a dia vai permitir que o cérebro e as emoções se organizem, para não entrar em um estado de caos e desordem.

Essa medida deve ser compensada com a criatividade para que não se repitam, nessa rotina, as mesmas ações por duas, três ou até mais semanas. A monotonia deve ser evitada nessa organização, especialmente para as crianças da família, que não conseguem manter a repetição sem ficarem entediadas.

Será importante manter a conexão com o mundo exterior respeitando o isolamento. Saber das notícias sobre a evolução da pandemia nos dará uma sensação de segurança. De qualquer forma, não devemos exagerar no consumo das notícias, pois isso é contraproducente.

Por fim, a tolerância se impõe como algo obrigatório se passarmos o período de quarentena com outras pessoas. Sob o mesmo teto, durante tantas horas, é lógico que a raiva e os incômodos vão aparecer. São emoções esperadas e devem ser tratadas da melhor maneira, porque também são produto desta situação específica.

Homem respeitando o período de quarentena
A quarentena nos obriga a ficar dentro de casa por muito tempo, e essa é uma mudança imensa em nossas rotinas.

Continue lendo: Transmissibilidade: o verdadeiro perigo do coronavírus

Alimentação e exercício

Estar em quarentena é um fator de risco para outros aspectos da nossa saúde. Por enquanto, devemos respeitá-la por causa do maior risco de contágio por coronavírus nesse momento, mas não podemos descuidar da nossa dieta e da prática de exercícios físicos.

O isolamento complica o nosso abastecimento de refeições e alimentos. Além disso, pelo fato de passarmos tantas horas dentro de casa, tendemos a comer excessivamente em horários que não são os estipulados. Essa mudança na dieta pode afetar o nosso corpo.

Por isso, devemos tentar manter uma dieta equilibrada, na medida do possível. O estabelecimento de rotinas com horários também vai contribuir para melhorar a alimentação, tentando respeitar o café da manhã, o almoço, o lanche e o jantar.

Em relação aos exercícios, temos outro fator de risco, principalmente cardiovascular, que podemos negligenciar se não estivermos atentos. A falta de atividade por longos períodos de tempo leva ao ganho de peso, à rigidez articular e a alterações na circulação sanguínea.

A prática de exercício físico dentro de casa também pode ser realizada em família. É preciso adaptá-la às circunstâncias atuais, aproveitando as rotinas de exercício existentes que utilizam o próprio corpo.

Ir ao mercado durante a quarentena

Saiba mais: Medo do coronavírus: dicas de gestão emocional

Recomendações de higiene durante a quarentena

Como essa quarentena é motivada pela transmissibilidade do coronavírus, a higiene dentro de casa se torna fundamental. É mais uma das medidas para combater a pandemia e diminuir a taxa de contágio.

A consciência de que todos membros da família precisam lavar as mãos frequentemente é fundamental. Mesmo que ninguém esteja saindo de casa, é essencial usar sabão ao manusear alimentos e ao entrar e sair do banheiro.

A limpeza da casa deve ser realizada com água sanitária. A proporção sugerida é de uma parte de água sanitária para 49 partes de água. Deve-se limpar o chão e algumas partes dos móveis com essa solução. Roupas e pratos, por sua vez, devem ser mergulhados em água quente, a pelo menos 60 ºC.

No caso de um dos membros da família ser diagnosticado com coronavírus, um convívio particular deve ser estabelecido dentro de casa. Essa pessoa terá que ser isolada em um cômodo particular, com toalhas, pratos, copos e talheres próprios. Se ela circular pela casa, deve manter mais de um metro de distância dos outros membros da família e usar uma máscara adequada.

O período de quarentena é temporário

Estamos vivendo tempos difíceis, e as recomendações para passar o período de quarentena são apenas uma ajuda que deve ser combinada com a nossa boa vontade. Temos que entender que esse isolamento é temporário, que um dia vai terminar e que, possivelmente, sairemos dessa fortalecidos pela experiência se soubermos aproveitá-la.

  • Campos, Roman, and Julissa Rosa. “Efectividad del Ejercicio Físico para mejorar la calidad de vida de las personas en hemodialisis.” (2017).
  • Abad, Fernando J. Biurrun. “El virus que puso al” Mobile” en cuarentena.” Actualidad jurídica Aranzadi 960 (2020): 22-22.
  • Moreno-Montoya, José. “El desafío de comunicar y controlar la epidemia por coronavirus.” Biomédica 40.1 (2020): 11-13.
  • Trilla, Antoni. “Un mundo, una salud: la epidemia por el nuevo coronavirus COVID-19.” Medicina Clínica, 2020, vol. 154, num. 5, p. 175-177 (2020).
  • Chen P, Mao L, Nassis GP, Harmer P, Ainsworth BE, coronavirus Li F. Wuhan (2019-nCoV): la necesidad de mantener una actividad física regular mientras se toman precauciones. J Sport Health Sci . 2020; 9 (2): 103-104. doi: 10.1016 / j.jshs.2020.02.001