Você tem pouco tempo para estar em forma? Confira estas dicas!

Para se manter em forma é fundamental, além de praticar exercícios físicos diariamente, combiná-los com outros hábitos saudáveis, como uma dieta equilibrada e uma vida tranquila.

O sedentarismo se tornou um dos principais inimigos da saúde dos seres humanos e, infelizmente, a cada dia aumenta o número de pessoas que sofrem com esse problema.

Os horários de trabalho, as múltiplas ocupações no lar e as questões acadêmicas levam muitas pessoas a pensar que não podem manter um estilo de vida ativo e saudável.

O problema é que, pouco a pouco, vão surgindo transtornos que afetam o metabolismo e, por sua vez, uma série de dificuldades que diminuem a qualidade de vida.

No entanto, está comprovado que, para estar em forma, não é necessário ir a uma academia ou a um centro de condicionamento físico, já que existem muitas possibilidades para se exercitar em casa.

Dedicando apenas alguns minutos por dia, pode-se realizar uma rotina completa de treinamento para fortalecer os músculos e combater o excesso de peso.

O mais importante é realizar a rotina todos os dias, deixando de lado as desculpas de falta de tempo e centrando os pensamentos em cada objetivo.

Pronta para começar?

Treinamento físico para estar em forma sem sair de casa

A rotina de treinamento físico que propomos a seguir se baseia no exercício por intervalos, levados à sua máxima intensidade, reduzindo sua duração, mas aumentando seu grau de dificuldade.

Ainda que alguns duvidem dos resultados, milhares de pessoas conseguiram maravilhosos benefícios após colocarem esta rotina em prática todos os dias.

Trata-se de mudar mais de uma hora de atividades moderadas na academia por apenas 10 a 15 minutos de exercícios mais exigentes.

O melhor é que este formato elimina todo tipo de desculpas, já que, além de requerer pouco tempo, pode ser feito em casa, no escritório, ou em qualquer outro espaço.

Veja também: 5 exercícios eficazes para perder barriga em casa

Polichinelos

polichinelos

  • De pé, com as costas eretas, salte, abrindo e fechando as pernas, enquanto eleva os braços acima da cabeça no mesmo ritmo.
  • Repita tão rapidamente quanto for possível, durante 30 segundos.

Agachamentos

  • Fique parada, com as pernas separadas na mesma distância dos ombros, e os joelhos um pouco flexionados.
  • Abaixe os glúteos como se fosse se sentar e levante-se lentamente.

Abdominais bicicleta

Abdominais-cruzados

  • Deite-se de barriga para cima sobre um colchonete de ioga, coloque as mãos na nuca e levante as pernas num ângulo de 45°.
  • A seguir, tente tocar o cotovelo no joelho contrário, fazendo movimentos alternados com cada um.
  • Realize todas as repetições que puder em 30 segundos.

Ponte

  • Deite-se de barriga para cima, ponha os braços ao lado do corpo, flexione os joelhos e eleve a pélvis na direção do teto.
  • Mantenha a posição por 20 segundos, descanse e repita 3 vezes.

Elevação de perna

  • De pé e de lado, apoie-se na parede ou nas costas de uma cadeira e levante uma das pernas.
  • Realize movimentos lentos e faça 10 repetições com cada uma das pernas.

Tríceps

exercicio_triceps_cadeira

  • Sentado com as costas apoiadas em uma cadeira, apoie as mãos e afaste os pés.
  • Abaixe os glúteos com movimentos lentos, e levante com um impulso.
  • Realize 3 séries de 15 repetições.

Prancha

  • De barriga para baixo, apoiada nos antebraços e nas pontas dos pés, contraia o abdômen e mantenha as costas retas.
  • Mantenha a posição durante 30 segundos, mantendo os glúteos e os músculos abdominais contraídos.

Splits

  • Imitando a postura de um passo largo para a frente, salte, trocando as pernas, alternadamente.
  • Repita por 20 a 30 segundos.

Oblíquos laterais

  • Deite-se de lado sobre um colchonete, apoiada sobre o antebraço e a lateral do pé.
  • Levante o corpo o quanto puder e abaixe-o lentamente.

Recomendamos ler: Descubra 6 hábitos que provocam inflamação abdominal

Outras recomendações para estar em forma

Salada

Ainda que o exercício físico seja um dos pilares mais importantes para estar em forma, não devemos ignorar que seus efeitos dependem muito dos demais hábitos de vida.

É primordial cuidar da alimentação, mantendo uma dieta balanceada, controlada em termos de calorias e rica em nutrientes essenciais.

Devemos vigiar o consumo de gorduras saturadas, carboidratos simples e açúcares refinados.

Também é conveniente limitar o consumo de bebidas alcoólicas, já que são uma fonte importante de calorias e toxinas.

Evitar o estresse, praticar técnicas de relaxamento e dormir bem são outros hábitos necessários para manter um bom estado físico e mental.

Recomendados para você