Ômega 3 em outros alimentos além dos peixes gordos

· 24 de janeiro de 2018
Os ácidos graxos têm múltiplos benefícios para a saúde, mas para obtê-los você tem que consumir certos alimentos. As sementes de linho, chia e soja são uma fonte de ômega 3.

É comum ouvir sobre as virtudes do ômega 3 e seus benefícios para a saúde das pessoas. Estes ácidos graxos são especiais, mas o corpo não pode produzi-los; por isso os seres humanos devem obtê-los dos alimentos.

A fonte mais conhecida de ômega 3 são peixes azuis; entre eles estão o salmão, a  sardinha e o atum. Mas estas não são as únicas reservas disponíveis para os humanos obterem ômega 3. Há um conjunto de alimentos que podem fornecer as quantidades necessárias deste ácido graxo.

O ômega 3 possui múltiplas funções

  • Os ácidos ômega 3 cumprem uma tarefa importante no desenvolvimento e funcionamento do cérebro. Por este motivo, estima-se que tenham incidência ou relação com o processo de aprendizagem. Isto é corroborado quando se examinam as crianças que tiveram deficiência em ômega 3 durante sua gestação. Essas crianças geralmente têm problemas de visão e complicações nervosas.
  • Esses nutrientes ajudam a reduzir a probabilidade de doença cardíaca.
  • São ideais para reduzir a inflamação.
  • Eles são eficazes para diminuir as chances de adquirir doenças crônicas.

Benefícios do ômega 3 para a saúde

Regula o colesterol

Ômega 3 limpa as artérias do colesterol

Você deve lembrar que existe um tipo de colesterol que não é ruim, e que é benéfico para o coração. Precisamente as populações dos esquimós (que comem muito peixe) mostram uma diminuição nos triglicerídeos (gordura) no sangue.

Veja também: Colesterol alto: por que é um perigo para a saúde e como reduzir seus níveis

Regula a pressão sanguínea

Existem muitos estudos clínicos que estabelecem a relação entre o consumo de ômega 3 e uma diminuição da pressão arterial. Em qualquer caso, é importante lembrar que apenas um médico deve dar as indicações para um tratamento. Uma boa nutrição é um suplemento que ajuda a curar todas as doenças.

Outros alimentos que contêm ômega 3

Sementes de linhaça

As sementes de linhaça têm uma alta concentração de ômega. Estima-se que, para cada 100 gramas, há 20 gramas de ômega 3. Essa excelente quantidade de ácidos graxos ajuda a superar a quantidade mínima necessária.

Sementes de chia

Sementes de chia são uma fonte de ômega 3

Essas sementes têm uma concentração muito importante de ômega 3. É semelhante à concentração da semente de linho (20%). Com as sementes de chia você pode preparar deliciosas sobremesas.

Soja

É um vegetal muito especial porque nos fornece gorduras saudáveis. Seu nível de concentração é de aproximadamente 11 gramas por cada 100 gramas. A quantidade de pratos que podem ser preparados com esta leguminosa é muito variada.

Óleo de noz

É um ingrediente excelente para usar como um molho de salada ou para ser usado em sobremesas. Seu nível de concentração também é alto, com 10 gramas por 100 gramas. O óleo de noz é um ótimo anti-inflamatório.

Manteiga de amendoim

Manteiga de amendoim é uma fonte de ômega 3

Geralmente é mais saudável do que a manteiga e pode substituí-la. Tem múltiplas formas de uso, pode ser comida sozinha ou em várias combinações. As 10 g que contribui por cada 100 a torna um alimento muito valioso em ômega 3.

  Óleo de canola

É um óleo muito versátil na cozinha. Tem uma concentração de 9 gramas para cada 100.

Azeite de oliva

O azeite de oliva combina bem com quase tudo na comida. Não é recomendado para fritar, mas se adapta a tudo o mais. Se for usado corretamente, ele pode cobrir a quantidade necessária de ômega 3 em nosso organismo.

Recomendamos que você leia: Remédio de casca de limão e azeite de oliva para acalmar a dor nas articulações

Caviar

Caviar é uma fonte de ômega 3

Embora seu consumo não seja grande, é importante mencionar este alimento como um grande contribuinte de ácidos graxos ômega 3. Além disso, tem outros elementos como o fósforo e o sódio.

Repolho

O repolho é um fabuloso ingrediente na preparação de saladas. Tem uma quantidade considerável de ômega 3, além de vitaminas e minerais que o tornam um alimento muito bom.

Manteiga de karité

É um ingrediente que é extraído das nozes de uma árvore da África. Tem uma importante concentração de ácidos graxos benéficos para o organismo. Entre eles o ômega 3.

Uma consulta com um especialista nos ajudará a ter informações mais detalhadas e personalizadas. O importante é ter acesso a várias fontes nutricionais para quebrar qualquer tipo de dependência de um alimento.