Os 8 melhores óleos naturais para tratar a celulite

21 de outubro de 2017
Dado que os óleos essenciais penetram profundamente na pele, nos ajudam a tratar o problema da celulite pela raiz e a combatê-lo de dentro para fora.

Está em busca de soluções caseiras para combater estes incômodos furinhos na pele? Conheça neste artigo alguns óleos naturais para tratar a celulite sem sair de casa e sem gastar muito!

A nível de estética, a celulite é um dos problemas mais frequentes que as mulheres enfrentam. No entanto, os homens tampouco estão isentos de sofrê-la.

As causas da formação da celulite são diversas, e respondem a fatores como os hormônios, a genética, a dieta e o estilo de vida.

Para combater a celulite podemos optar por cremes e tratamentos comerciais. De maneira similar, existe uma grande variedade de óleos naturais que podem favorecer a eliminação ou redução da celulite.

Os óleos essenciais tratam a celulite desde a raiz, já que ajudam o corpo a se desfazer das toxinas que se acumulam nas células de gordura.

Além disso, também melhoram a circulação de sangue no corpo e proporcionam oxigênio para as células da pele.

  • Sempre lembre-se de que, qualquer que seja o óleo que escolher utilizar, deverá aplicá-lo com uma massagem todos os dias.
  • O movimento deverá ser circular, aplicado com as pontas dos dedos.
  • As mãos devem estar limpas, com o objetivo de conseguir melhores e maiores resultados.

Óleos naturais para tratar a celulite

1. Óleo de funcho

Este é um óleo que lhe permitirá desintoxicar o organismo, eliminando toxinas que em certas ocasiões se acumulam na pele.

O funcho é recomendado para aumentar o nível de estrogênio. Este, por outro lado, aumenta a produção de colágeno abaixo da pele.

Assim, permite suportar o peso da gordura, além de evitar a formação das celulites.

2. Óleos cítricos

 

Óleos cítricos para tratar a celulite

A vitamina C está presente nestes óleos e induz a produção de colágeno, fortalecendo a distribuição de tecido conectivo abaixo da pele.

Desta forma evita-se o aumento de peso das células de gordura.

Os óleo cítricos de laranja, limão, e tangerina também contribuem para uma melhor circulação sanguínea.

3. Óleo de cipreste

Extraído dos ramos e folhas da planta cipreste, este é um dos melhores óleos naturais para tratar a celulite e cuidar da pele.

  • Conta com propriedades antissépticas, adstringentes e diuréticas. Logo, melhora a drenagem linfática e a circulação do sangue.
  • Da mesma maneira, contribui para a limpeza da pele e a eliminação de toxinas.

Além disso, costuma ser utilizado em aromaterapia, já que seu refrescante cheiro traz um efeito de relaxamento.

4. Óleo de gerânio

Óleo de gerânio para tratar a celulite

Este tipo de óleo aparece como componente em cremes para tratar a celulite.

  • Graças as suas propriedades, estimula o sistema linfático facilitando a eliminação de líquidos que são retidos nos tecidos do corpo.
  • É altamente recomendado para prevenir a celulite, já que permite regular os níveis de hormônios e de gordura subcutânea.
  • Além disso, permite reafirmar a pele.

5. Óleo de canela

O óleo essencial de canela também reforça o tecido conectivo, melhorando a tensão da pele. Também elimina as impurezas da pele.

É um estimulante muito eficaz dos tecidos celulíticos, graças ao seu alto teor de magnésio e potássio.

Se não encontrá-lo ou não tiver um óleo essencial de canela, você pode adicionar uma colher de canela em pó (5 g) ao seu óleo normal e ficará pronto para uma massagem anticelulite.

6. Óleo de bétula-branca

Óleo de bétula para tratar a celulite

O óleo de bétula-branca tem uma ação adstringente e purificadora e consegue regenerar a pele.

É um grande aliado para a eliminação de toxinas e dos líquidos retidos que geram inflamação na pele e que favorecem o aparecimento da celulite.

7. Óleo essencial de coco

É um dos produtos naturais mais utilizados em quase todas as rotinas de beleza.

É ideal para hidratar a pele e, graças aos seus nutrientes essenciais que penetram profundamente, ajuda a combater a celulite.

Também age como firmador natural por sua capacidade de estimular a produção de elastina e colágeno na pele.

8. Óleo essencial de rosa mosqueta

Óleo de rosa mosqueta para tratar a celulite

O óleo de rosa mosqueta é muito utilizado para problemas de saúde e na higiene pessoal. Um de seus principais usos é para combater a celulite.

  • Este ajuda o organismo na regeneração de seus tecidos e também é um eficaz cicatrizante.
  • O óleo de rosa mosqueta renova as células danificadas da pele e também é de grande ajuda para combater as estrias.

Tudo isso é devido ao seu alto teor de ácidos graxos, vitaminas C e ácido retinoico, entre outros.

Agora que você já conhece estes óleos naturais para tratar a celulite, escolha o que mais chamar a sua atenção e comece a aplicá-lo para aproveitar todos os seus benefícios.

Imagem principal cortesia de © wikiHow.com

Espejo, M. A., Aguilar, A., & Blanco Poole, S. (n.d.). LOS ACEITES ESENCIALES EN COSMÉTICA. Retrieved from https://idus.us.es/xmlui/bitstream/handle/11441/55493/Los aceites esenciales en cosmetica.pdf?sequence=1
Universidad de Granada., Facultad de Farmacia., Bravo Díaz, L., & González Minero, F. J. (2017). Estudio botánico y farmacéutico de productos con aplicación en cosmética y cuidado de la piel. Ars Pharmaceutica (Internet), 58(4), 175–191. Retrieved from http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&;pid=S2340-98942017000400007
Ortuño Sánchez, M. F. (2006). Manual práctico de aceites esenciales, aromas y perfumes. Aiyana. Retrieved from https://books.google.co.uk/books?hl=es&lr=&id=cW5TsDKqx9wC&oi=fnd&pg=PA5&dq=aceite+de+abedul+piel&ots=LnS2OScGik&sig=5sNiil7ny5RwF4vFan7EFY0U9e4#v=onepage&q=aceite de abedul piel&f=false
Sellar, W. (2003). Guía de aceites esenciales. Edaf. Retrieved from https://books.google.co.uk/books?hl=es&lr=&id=8BFteAeyXroC&oi=fnd&pg=PA11&dq=aceite+de+abedul+piel&ots=NPAjyjRDJS&sig=EhzFy6u_ZNrSeXiMIeK0U0ezErs#v=onepage&q=aceite de abedul piel&f=false
Boyers, L., & Cudich, I. (2017). Colágeno y elastina en la piel | Muy Fitness. Retrieved October 14, 2018, from https://muyfitness.com/colagenno-elastina-piel-info_33819/
Gunderson, C. (2012). Celulitis: definición, etiología y manifestaciones clínicas. Retrieved from http://www.medigraphic.com/pdfs/revenfinfped/eip-2012/eip122e.pdf
Muñoz, G. (2014). La realidad de la celulitis – Guillermo Muñoz. Retrieved October 14, 2018, from http://gmfitnesssystems.com/la-triste-realidad-de-la-celulitis-parte/
Muñoz, G. (2014). La realidad de la celulitis (Parte II) – Guillermo Muñoz. Retrieved October 14, 2018, from http://gmfitnesssystems.com/celulitis/