Maravilhosas propriedades de consumir uma maçã verde por dia

2 de janeiro de 2016
A maçã verde é muito benéfica para nossa saúde digestiva, pois ajuda a evitar a indigestão, apoia a absorção de nutrientes e favorece os movimentos intestinais.

A maçã é uma fruta deliciosa e versátil. Durante anos tem sido parte regular da dieta de milhões de pessoas em todo o mundo. Veja aqui, os maravilhosos benefícios de consumir uma maçã verde por dia.

Maçã verde: muitas vitaminas e minerais e poucas calorias

Em todas suas variedades, verdes, vermelhas ou amarelas, as maçãs são uma fonte importante de fito-nutrientes. Entre eles estão, por exemplo, o ácido fenólico e os flavonoides, que contribuem para reparar o dano celular do organismo.

Porém, quanto a outros nutrientes, a maçã verde é a que leva a dianteira. Porque é a variedade com menor número de calorias e maior número de vitaminas e minerais.

Este tipo de maçã vem ganhando um lugar muito especial entre as frutas favoritas de muitas pessoas em todo o mundo.

Já foi demonstrado, em várias oportunidades, que consumir uma maçã verde diariamente é um grande apoio para a dieta. Principalmente, para os que desejam baixar de peso.

Muitos ainda desconhecem os magníficos benefícios desta deliciosa fruta. Assim, vamos compartilhar todas as suas propriedades e os benefícios de consumir uma maçã verde por dia.

Então, vamos lá?

Ricas em antioxidantes

As maçãs verdes são uma das maiores fontes de flavonoides na dieta ocidental e também aportam uma quantidade significativa de vitamina C.

Os citados compostos antioxidantes desempenham um papel muito importante na saúde, porque são capazes de frear a ação dos radicais livres sobre as células do corpo.

A vantagem de consumi-las na primeira hora do dia, é que estas moléculas começarão a agir imediatamente. Assim, funcionarão para prevenir danos durante o resto da jornada.

Consumir maçãs verdes diariamente é uma excelente forma de:

  • manter as células saudáveis,
  • prevenir o envelhecimento precoce,
  • prevenir as doenças crônicas.

Consumir uma maçã verde diariamente para a perda de pesoConsumir uma maçã verde diariamente ajuda a emagrecer

Sem dúvida, é uma boa opção para aquelas pessoas que têm entre seus planos perder alguns quilos, já que uma única maçã verde contém apenas 80 calorias. Por outro lado, seu elevado conteúdo de fibra proporciona a sensação de saciedade.

É claro que, uma maçã apenas não é suficiente para perder peso de forma significativa; porém, é uma maneira de ativar o metabolismo desde a primeira hora do dia para que funcione bem durante a jornada.

Regula o açúcar no sangue

Este benefício interessa em especial àquelas pessoas que receberam o diagnóstico de diabetes.

O consumo de uma unidade desta fruta ao dia pode contribuir para a regulação dos níveis de açúcar no sangue graças ao seu alto conteúdo de fibra solúvel.

Dentes saudáveisConsumir uma maçã verde por dia ajuda a saúde dental

Os compostos desta maçã possuem importantes benefícios para a saúde dental. Possui a capacidade para estimular a produção de saliva e diminuir as bactérias que se acumulam na boca.

O consumo de uma maçã verde em jejum é uma grande forma de evitar afecções como as cáries ou infecções nas gengivas, já que ajudará a reduzir a concentração bacteriana.

Não deixe de ler: 7 razões pelas quais você deveria comer maçã verde em jejum

Coração saudável

Os benefícios cardiovasculares da maçã estão associados à sua importante contribuição de fibra y potássio. Ambos os nutrientes são essenciais no controle da pressão arterial alta e níveis de colesterol.

O potássio age como um eletrólito que equilibra a umidade das células, portanto, apoia o funcionamento normal do coração.

Além disto, a pectina e os polifenóis contribuem para aumentar o metabolismo dos lipídios.

Reduzem também as moléculas inflamatórias que frequentemente têm algum tipo de relação com as enfermidades cardiovasculares.

Boa digestãoConsumir uma maçã verde diariamente ajuda a digestão

A contribuição significativa de fibra dietética que traz a maçã verde, a converte em uma grande aliada para regular os movimentos intestinais e prevenir a prisão de ventre.

Graças às suas qualidades digestivas, o consumo de uma unidade pode ser útil em casos de diarreia, inflamação e gases.

Além disso, é bom consumir a maçã depois de uma alimentação muito abundante, pois ajuda a evitar a indigestão e apoia a adequada absorção de nutrientes.

Consumir uma maçã verde para uma pele radiante

As vitaminas A, B y C, somadas ao seu elevado conteúdo de antioxidantes e água, também fazem da maçã uma aliada da beleza da pele.

Incluí-la na dieta diária é uma forma de manter a pele hidratada, livre de impurezas e de condições que alteram sua beleza.

Por ajudar a frear os radicais livres, seus efeitos previnem a aparição de rugas precoces e outros sinais que revelam a idade.

Leia também: Envelhecimento precoce: 3 sucos antioxidantes

Ossos saudáveis

Por contribuir com uma quantidade importante de boro, esta classe de maçã pode melhorar a saúde dos ossos e prevenir sua perda de densidade.

Então, vamos aproveitar seus benefícios e começar hoje mesmo a consumir uma maçã verde por dia?

E se gostou deste artigo, continue com a gente, porque temos mais dicas para a sua saúde, beleza e bem-estar.

  • Huber, L. S., & Rodriguez-amaya, D. B. (2008). Flavonóis E Flavonas : Fontes Brasileiras E Fatores Que Influenciam a Composição Em. Alimentos Nutrição. https://doi.org/10.1016/j.orgdyn.2008.04.002
  • Mueller, M., & Jungbauer, A. (2009). Culinary plants, herbs and spices – A rich source of PPARγ ligands. Food Chemistry. https://doi.org/10.1016/j.foodchem.2009.04.063
  • Komthong, P., Igura, N., & Shimoda, M. (2007). Effect of ascorbic acid on the odours of cloudy apple juice. Food Chemistry. https://doi.org/10.1016/j.foodchem.2005.10.070
  • Tavera-Quiroz, M. J., Romano, N., Mobili, P., Pinotti, A., Gómez-Zavaglia, A., & Bertola, N. (2015). Green apple baked snacks functionalized with edible coatings of methylcellulose containing Lactobacillus plantarum. Journal of Functional Foods. https://doi.org/10.1016/j.jff.2015.04.024