O importante não é ser igual, é formar uma boa equipe

Os membros de um casal devem complementar um ao outro. Embora não tenhamos os mesmos gostos, será preciso ceder em alguns casos pelo bem da relação. Afinal, somos uma equipe.

Há quem se empenhe toda a sua vida em encontrar sua alma gêmea. Aquela pessoa com quem compartilhar gostos, paixões e costumes. Entretanto, na realidade, o mais importante para um casal é saber formar uma boa equipe.

Não importa se nosso parceiro gosta mais de ficar em casa e nós preferimos sair para jantar fora. Não tem importância se um prefere os esportes e a outra pessoa os filmes românticos.

A chave está em saber respeitar um ao outro, chegar a acordos, permitindo sempre o aprendizado mútuo.

Porque ser um casal não é concordar 100% em tudo, não é respirar através do mesmo coração nem ver através dos mesmos olhos.

Ser um casal é saber tecer um tecido forte e resistente com preciosos contrastes, no qual tudo forme uma peça tão bela quanto duradoura.

A seguir iremos explicar quais são as chaves para formar uma boa equipe.

Apesar de nossas diferenças, somos uma grande equipe

Não devemos cair no erro de nos desesperarmos somente porque não gostamos das mesmas coisas. Por não adorarmos os mesmos livros, os mesmos filmes, as mesmas comidas.

O que deve nos preocupar é a nossa incapacidade de chegar a acordos, e uma personalidade que, longe de se colocar no lugar do outro, busca impor suas próprias decisões e opiniões.

Vejamos em mais detalhes.

O que importa são os valores

Para ser uma boa equipe podemos nos permitir discordar em opiniões políticas, e até ter tipos diferentes de personalidade. Os introvertidos podem se dar bem com os extrovertidos, e vice-versa.

No entanto, há um aspecto que sempre devemos harmonizar: nossos valores.

  • Os valores são os que fazem com que tenhamos as mesmas ideias sobre o que é uma relação afetiva ou o que é uma família.
  • Dispor de um mesmo esquema de valores fará com que nossas diferenças sejam respeitadas e entendidas. Além disso, fará com que as vejamos a partir de outros pontos de vista, com os quais podemos aprender.
Casal se abraçando como uma equipe

Porque pensar diferente não significa sentir de outro modo

Se seu parceiro adora gatos e você cachorros, isso não significa que vocês se amem menos. Se seu companheiro é vegetariano, não significa que ele irá odiá-la simplesmente porque você come carne.

  • Pensar diferente não quer dizer que nos amemos menos por isso. Significa que nos respeitamos e que nos damos liberdade e, antes de tudo, a oportunidade de sermos nós mesmos.
  • Um aspecto que devemos levar em conta é o seguinte: a outra pessoa nunca terá direito de mudar nossa forma de pensar ou impor seus gostos, ideais ou paixões.
  • Porque para ser uma equipe cada membro deve saber que sem respeito não há alianças. Sem entendimento das diferenças não há oportunidades de união.

Nossas diferenças nos enriquecem

  • Nossas vidas profissionais se movem em esferas distintas, e passamos o dia em cenários diferentes. No entanto, ao chegarmos em casa caem todas as armaduras e só fica o que é autêntico: duas pessoas que se amam.
  • Temos diferenças, nos movemos em lugares opostos. No entanto, adoramos contar como foi o dia. Gostamos de aprender um com o outro, ver outras perspectivas.
  • Não importa se há aspectos sobre os quais nunca concordamos. É possível que seu parceiro não ceda jamais em relação a comprar uma casa no campo, mas aceite fazer excursões todos os finais de semana para entrar em contato com o ar livre.
Equipe de casal com cavalo

Sabemos chegar a acordos

Para ser uma boa equipe precisamos chegar a acordos. Além disso, é vital saber colocar em prática as chaves de uma boa comunicação para alcançar estes objetivos comuns:

  • Escute com respeito e com interesse: escute para compreender, não apenas para responder.
  • Entenda o ponto de vista da outra pessoa. Todos temos nossa própria opinião sobre certas coisas, mas é necessário empatizar, colocar-nos na pele de nosso parceiro para entender o que ele sente e por que defende o que defende.
  • Ceder não é perder, é experimentar novas oportunidades. Para formar uma boa equipe é preciso ter uma coisa muito clara: ninguém deve perder, e nem ambos devem ganhar.
  • Temos que chegar a vitórias cotidianas permitindo-nos ceder um pouco cada um em cada situação.
  • Não podemos nos fechar sempre. Em algumas ocasiões, cedendo um pouco, acabamos descobrindo coisas que não esperávamos, aspectos que enriquecem a ambos.
Casal se acompanhando como uma equipe

Vale a pena levar isso em conta. Porque os melhores casais são almas gêmeas com os mesmos valores e com diferenças que ficam harmonizadas com base no diálogo e no respeito.

Recomendados para você