Cogumelos terapêuticos endossados ​​pela ciência: conheça-os!  

· 18 de fevereiro de 2019
Descubra os seguintes cogumelos terapêuticos e seus benefícios para a saúde. Eles são o shiitake, o maitake, o reishi, o champignon, e o cogumelo ostra. Incorporá-los na dieta pode ser muito saudável.

Com certeza, os cogumelos são um dos poucos alimentos silvestres que perduram até hoje. Sua riqueza em nutrientes os transforma em cogumelos terapêuticos. Isto é, um alimento medicinal para tratar e prevenir diferentes doenças, e melhorar a saúde geral.

Os cogumelos

Em primeiro lugar, os cogumelos são um dos poucos alimentos silvestres que ainda existem hoje, e em muitas culturas é comum coletá-los em diferentes épocas do ano, de acordo com sua variedade.

Uma das propriedades medicinais mais comuns nos cogumelos é que aumentam as defesas, graças ao seu poder antibiótico e antiviral. Desta forma, são um excelente alimento para prevenir doenças e nos manter saudáveis.

5 cogumelos terapêuticos

1. Shiitake

Cogumelos terapêuticos endossados ​​pela ciência: Shiitake  

O cogumelo shiitake (Lentinula edodes) destaca-se por suas propriedades benéficas para fortalecer o sistema imunológico e reduzir a inflamação. Neste sentido, este alimento pode ser muito eficaz para pessoas que sofrem de doenças inflamatórias dolorosas, como a artrite ou a fibromialgia. Além disso, também é um bom remédio para aqueles que costumam ficar doentes com frequência.

Além disso, este cogumelo também se destaca por sua capacidade de reduzir os níveis elevados de colesterol e triglicérides, se consumido de modo frequente.

Por outro lado, este fungo é um dos mais famosos hoje em dia, tanto a nível culinário, como medicinal. Destaca-se pelo seu sabor delicioso, e a sua utilização na cozinha asiática é muito frequente. É comum adicioná-lo a todos os tipos de ensopados, sopas, arroz e massas.

Leia também O que é a alimentação macrobiótica? Descubra com ela funciona

2. Champignon

O champignon (Agaricus bisporus) é um dos cogumelos terapêuticos mais comuns, e é geralmente adicionado a todos os tipos de receitas: saladas, sopas, ensopados, pizzas, massas, etc.

Este fungo tem muitas propriedades medicinais:

  • Fortalece o sistema imunológico e combate vírus e bactérias, graças ao seu conteúdo de polissacarídeos e outros componentes.
  • Previne alguns tumores: as enzimas presentes neste tipo de cogumelo combatem as células cancerígenas.
  • Reduz as alergias.
  • Alivia inflamações.
  • Reduz os níveis de açúcar no sangue e previne a resistência à insulina, diabetes, etc.
  • Protege a função do fígado, e por isso melhora a digestão das gorduras, e a purificação de toxinas do nosso corpo.

3. Reishi

Certamente, este é um dos cogumelos terapêuticos mais famosos por suas virtudes curativas é o reishi (Ganoderma lucidum). No entanto, devemos enfatizar que este fungo não é comestível ao natural, embora você possamos tomar seu extrato como um tratamento natural.

Além disso, o reishi tem as seguintes propriedades:

  • Em primeiro lugar, melhora a fluidez do sangue.
  • Ademais, aumenta as defesas.
  • Reduz a hipertensão arterial.
  • Também, equilibra os níveis altos de açúcar no sangue.
  • Por outro lado, protege a função hepática.
  • Além disso, reduz a inflamação.
  • Favorece a criação de células sanguíneas.
  • Também, tem um alto poder antioxidante que aumenta a longevidade.
  • Previne a osteoporose.
  • Finalmente, melhora a memória.

Leia também Fortaleça seu sistema imunológico de forma natural com cogumelo ostra

4. Maitake

Este cogumelo nativo do Japão tem sido consumido desde os tempos antigos, e é usado como um remédio ancestral na medicina oriental. O maitake (Grifola frondosa), que é caracterizado pela sua forma de leque, pode adquirir grandes dimensões.

Da mesma forma que o shiitake e o reishi, o maitake também fortalece as defesas e aumenta a longevidade. Além disso, tem a virtude de aumentar a energia e a vitalidade de quem o consome com frequência. Finalmente, seu poder de cura também melhora a função do sistema respiratório e circulatório.

Você nunca deve consumir o maitake cru. Pode cozinhá-lo e adicioná-lo a ensopados ou consumi-lo em pó ou em extrato, em um formato de suplemento para melhorar a saúde. Seu uso não é recomendado se você estiver tomando medicamentos anticoagulantes.

5. Cogumelo ostra

Cogumelos terapêuticos endossados ​​pela ciência: cogumelo ostra

O cogumelo ostra (Pleurotus ostreatus) destaca-se pelo seu alto teor de lovastatina. Este nutriente faz deste cogumelo um excelente alimento para controlar o colesterol e os triglicerídeos no sangue, de forma natural.

Além disso, este fungo é um poderoso antioxidante que protege contra os danos dos radicais livres e envelhecimento celular. Inclusive, acredita-se que poderia ajudar a prevenir certos tipos de câncer.