8 produtos de beleza que você não deve compartilhar com ninguém

29 de novembro de 2017
Embora no início possa ser uma medida um tanto extrema, é melhor evitar se expor a perigos desnecessários, ao compartilhar certos produtos pessoais

Existe uma grande variedade de produtos de beleza que devem ser para uso pessoal.

Embora estejamos acostumados a compartilhá-los com nossos amigos ou um membro da família, é essencial saber que isso pode aumentar o risco de infecções e desconforto na pele.

Embora pareça “inofensivo” para nós, e nem sempre termine mal, é melhor evitar que outros os usem para que eles não se contaminem com germes que podem ser prejudiciais.

Tendo em mente que muitos ignoram quais são, a seguir queremos compartilhar em detalhes os 8 principais e seus riscos.

Descubra-os!

1. Rímel para cílios é um produto de beleza que não deve ser compartilhado

Rímel é um produto de beleza que não deve ser compartilhado

O rímel ou máscara para cílios é um produto que entra em contato com as pálpebras quando o aplicamos desde as raízes.

Nesta ação, ele pode ser contaminado com bactérias infecciosas que, muitas vezes, são responsáveis ​​por problemas como a conjuntivite.

  • Por esta razão, o seu uso compartilhado deve ser evitado e, além disso, sua aplicação deve ser suspensa em caso de infecção ocular.

Leia também: Síndrome do olho seco: o que é e como combatê-la de forma natural

2. Delineador para olhos

Lápis ou delineadores líquidos são produtos que, após serem aplicados, podem ser contaminados de forma semelhante às máscaras.

  • Isso significa que, se a sua amiga tiver um vírus ou bactéria nos olhos dela, há uma boa chance de você contrair uma infecção ocular.
  • Uma das complicações que pode trazer é algo que conhecido como queratite, que produz inflamação na córnea.

3. Batom ou brilho labial

Batão é um produto de beleza que não deve ser compartilhado

A boca de todas as pessoas, de um modo geral, está cheia de bactérias e, embora estas nem sempre produzam infecções, há uma alta probabilidade de sofrer alguma doença, por compartilhar elementos como batom ou brilho labial.

  • Uma vez que este elemento faz contato direto com a pele, sua aplicação compartilhada facilita o contágio afecções como o herpes labial.
  • Algumas bactérias também podem viajar através deste meio, causando alterações no pH da fina pele labial .

4. Pinceis de maquiagem e esponjas

Para reduzir o risco de doenças e infecções da pele é essencial lavar periodicamente itens do dia-a-dia, como pincéis e esponjas de maquiagem.

Embora, à primeira vista, geralmente não se note, eles acumulam germes e células mortas que, com o passar dos dias, afetam a saúde da pele.

  • Esta mesma razão explica por que eles não devem ser emprestados, especialmente se a pessoa sofrer de acne, irritações ou alergias.
  • Ainda que a pele da outra pessoa seja lavada, existe um risco de contágio se você tiver algum desses problemas.

5. Desodorantes em bastão ou bola

O desodorante é um produto de beleza que não deve ser compartilhado

Os desodorantes de apresentação em barra ou em bola (roll-on) são produtos que, em qualquer circunstância, não devem ser compartilhados, uma vez que, longe de proteger, podem causar mau odor e infecções.

  • Embora seu uso pessoal seja efetivo e saudável, quando o compartilhamos, nos expomos a bactérias, suor e partículas que alteram sua superfície.
  • Assim, quando você o aplicar novamente em sua pele, pode sofrer as consequências.

6. Máquinas ou lâminas de barbear

As máquinas ou lâminas são projetadas para facilitar a remoção de pelos indesejados em qualquer lugar do corpo.

Embora representem um método higiênico e fácil para realizar esta tarefa, elas não devem ser compartilhadas com nenhuma pessoa.

  • Isso ocorre porque podem ocorrer acidentes, como cortes, o que aumenta o risco de infecções subsequentes.
  • Além disso, elas também podem acumular células mortas, que causam bloqueios nos poros.

Visite este artigo: Como preparar uma loção de laranja para fechar poros dilatados

7. Cortador de unhas

Alicate de unhas é um produto de beleza que não deve ser compartilhado

Se você deseja manter suas unhas limpas ​​e saudáveis é melhor usar um cortador de uso pessoal.

Embora compartilhar este elemento pareça normal e sem importância, pode influenciar na aparição das infecções.

  • Os dedos e as unhas escondem bactérias, fungos e vírus, que embora não os vejamos, podem causar desconforto.
  • Compartilhar esta ferramenta aumenta o risco de fungos na pele e nas mãos, verrugas e infecções cutâneas.

8. Cremes corporais em frascos

Toda vez que você coloca as mãos no seu frasco de creme corporal está deixando ali bactérias que, em alguns ambientes, podem proliferar.

Você pode imaginar o que acontece se você o compartilhar?

  • Tenha em mente que a outra pessoa também tem germes em suas mãos e, de fato, você não sabe o quanto eles podem lhe prejudicar.
  • Embora esta medida seja um pouco alarmante, é melhor evitá-la para não ter desconforto posterior.
  • Evite manipular este produto de beleza sem antes lavar as mãos.

Sabemos que em algum momento você já compartilhou alguns dos elementos de beleza aqui mencionados.

Agora que você conhece os riscos, procure que sejam de seu uso pessoal, ou tome medidas para desinfetá-los se não tiver outra escolha que não seja emprestá-los.

Recomendados para você