7 maus hábitos que podem afetar a saúde da tireoide

25 de outubro de 2017
O mau funcionamento da tireoide pode ocorrer como resultado de uma má administração do estresse, e até mesmo pela ingestão de alimentos como soja ou glúten, mesmo que não sejamos intolerantes.

Conheça alguns hábitos que podem afetar a saúde da tireoide, uma pequena glândula em forma de borboleta localizada na parte frontal do pescoço, logo acima da clavícula.

Trata-se de um órgão endócrino cuja principal função é secretar hormônios para regular muitas das atividades vitais do organismo.

Entre estas, vale a pena mencionar que é determinante para as funções metabólicas, além de participar da regulação do humor, da frequência cardíaca e da temperatura corporal.

Devido a isso, o seu mau funcionamento traz consigo uma série de consequências para a saúde que, se não controladas, influenciam significativamente a qualidade de vida.

Por esse motivo é importante saber quais hábitos podem afetá-la e, obviamente, tomar medidas preventivas antes de gerar um grave problema.

Neste artigo, queremos compartilhar os 7 maus hábitos que podem afetar a saúde da tireoide para que você tente evitá-los ao máximo.

Descubra-os!

Hábitos que podem afetar a saúde da tireoide

1. Tabagismo

 

Fumar pode prejudicar a saúde da tireoide

O consumo de cigarro aumenta a probabilidade de doença da tiroide, já que as toxinas afetam a saúde da glândula.

Embora suas principais consequências sejam sentidas no sistema respiratório, não é surpreendente que os fumantes representem uma grande proporção de pacientes com infecções da tireoide.

Isso ocorre porque o tabaco diminui os níveis do hormônio estimulante da tireoide (TSH), o qual interfere no metabolismo, na saúde ocular e cardiovascular.

2. Sedentarismo

Embora o sedentarismo influencie o desenvolvimento de uma grande variedade de distúrbios que afetam a saúde física e emocional, seus efeitos geralmente são devidos ao mau funcionamento que ocorre na tireoide.

A inatividade aumenta a tendência de acumulação de gordura e, portanto, é uma forte influência do excesso de peso, obesidade e outros problemas metabólicos.

Por outro lado, uma vez que diminui a liberação dos hormônio da tireoide, pode levar ao hipotireoidismo.

Este distúrbio não só afeta a capacidade de queimar calorias e gorduras, mas também pode aumentar o risco de doença cardíaca, queda de cabelo e fadiga.

3. Controle do estresse

O estresse pode prejudicar a saúde da tireoide

Não saber como controlar o estresse na vida cotidiana pode ser um fator desencadeante para o mau funcionamento da tireoide.

O sistema endócrino é sensível a este estado emocional e, quando ocorre de forma intensa, impacta os níveis de hormônios.

Como consequência, ocorrem desequilíbrios hormonais que, por sua vez, afetam a saúde de outros sistemas do corpo.

4. Dieta pobre em iodo

Os baixos níveis de iodo nos alimentos são uma das principais causas de problemas da tireoide, como o hipotireoidismo.

O organismo requer esta substância para a produção ideal de hormônios da tireoide e, portanto, é necessário ingerir as quantidades apropriadas.

Felizmente, pode ser encontrado naturalmente em alimentos como:

  • Sal do mar
  • Algas
  • Mirtilos
  • Iogurte natural
  • Feijão
  • Batatas
  • Ervilhas
  • Abacaxi
  • Chocolate

5. Bebidas alcoólicas

Bebidas alcoólicas podem afetar a saúde da tireoide

Os efeitos prejudiciais do consumo excessivo de bebidas alcoólicas  não é um tema novo, e entre estes, deve-se mencionar que a tireoide é um dos órgãos mais afetados.

Embora o fígado seja responsável por filtrar e metabolizar essas bebidas, suas toxinas, que viajam pela corrente sanguínea, alteram a produção de hormônios.

Devido a isso, sua ingestão pode aumentar a dificuldade para perder peso corporal e, a médio prazo, participa no desenvolvimento dos principais problemas metabólicos.

6. Consumo de glúten

Os pacientes com doença celíaca ou com intolerância ao glúten podem sofrer consequências na saúde da tireoide devido aos efeitos desta proteína no corpo.

À medida que o sistema imunológico ataca os tecidos saudáveis detectando essa substância no organismo, ocorrem reações inflamatórias e metabólicas que afetam a qualidade de vida.

Por esta razão, uma dieta sem glúten, mesmo em pacientes que não têm intolerância, pode melhorar a função da tireoide e assim promover a perda de peso.

7. Ingestão excessiva de soja

 

Consumir muita soja pode fazer mal à saúde da tireoide

Não podemos negar que a soja é um alimento com diversas propriedades nutricionais que, em grande medida, pode trazer benefícios para a saúde.

No entanto, o seu consumo não deve ser excessivo, uma vez que ao ser absorvida pode inibir a absorção do hormônio da tireoide, especialmente em pacientes de risco.

Na verdade, aqueles que já têm um diagnóstico de doença da tireoide devem limitar ou eliminar completamente esse alimento e todos os seus derivados.

Você identifica esses maus hábitos que podem afetar a saúde da tireoide? Se assim for, tente evitá-los como uma medida preventiva para se proteger.

Independentemente de você estar em risco ou não, praticá-los em uma base regular pode ser um grande começo para uma vida  mais saudável e feliz.

Recomendados para você